terça-feira, 21 de agosto de 2007

Aquela janela, velha, entreaberta
Me
chama pra olhar, te ver
Mas
, olha, cadê a porta que eu deixei aqui?
Volta
, eu volto, volta, volta agora
Mas
cadê? Cadê a porta e você?


Se eu
for por todos, quem será por ti?
Se eu
for por mim, quem será por todos?
Se eu
for assim, quem será... (fatal)